10 Dicas para um Empreendedor Iniciante

Com a pandemia em 2021, muitas pessoas tiveram de se reinventar, e só no Brasil, a criação de novas empresas bateu recorde, um aumento de 19% comparado aos anos anteriores.

Começar um novo negócio nem sempre é fácil, o empresário iniciante pode enfrentar vários fatores adversos, desde a concorrência do mercado externo, como às vezes, a própria auto sabotagem. Para isso é preciso ter um bom planejamento e alguns passos podem te ajudar nesse caminho de ter o tão sonhado investimento próprio.  Pensando nisso, separamos 10 dicas para um empreendedor iniciante, alcançar o sucesso.

1º – Compartilhar a Ideia

Um erro comum entre os empreendedores iniciantes, é não contar sua ideia de negócio para outras pessoas com medo de que alguém copie seu projeto.

Procure pessoas de confiança, com quem você possa compartilhar, às vezes, uma outra visão pode trazer a solução para pequenos problemas, que você não consegue entender.

Outro ponto importante de compartilhar suas ideias, é poder criar um network, conversar com outras pessoas do mesmo segmento ou que passaram por situações parecidas, pode trazer contatos valiosos, desde bons fornecedores, a conhecimentos de softwares e práticas ideais para o seu negócio.

2º – Tenha um Planejamento

Antes de iniciar o seu negócio monte um planejamento, é importante levar em consideração tudo o que será necessário para a produção do seu produto, divulgação e entrega ao cliente final, e claro não esqueça de colocar seus objetivos e metas.

Seja organizado com todos os passos dentro da sua empresa, e caso algo não esteja dando certo, procure novas estratégias, não tenha medo de mudanças.

Implementação de quadros como Kanban e OKR ajudam na administração do fluxo da empresa, e a encontrar possíveis problemas, e assim, poder resolvê-los o mais rápido possível.

Além disso, um bom planejamento  é essencial para buscar empréstimos e financiamentos corporativos.

3º – Estudo de Mercado

Ao começar um novo negócio é importante entender o segmento de atuação, conheça seus concorrentes, os diferentes modelos de negócios e seus atrativos. Leve essas informações em consideração para tentar se destacar entre eles.

É importante também analisar o mercado financeiro em si, e verificar se o momento para seu tipo de produto é propício.

Cuidado ao investir em tipos de negócios que estão na moda, os mesmos podem acabar perdendo força de mercado muito rápido.

4 º – Conheça seu Cliente

Conhecer e entender as necessidades do seu cliente é essencial para o seu negócio. Quanto mais você souber o que ele realmente precisa, mais fácil será a introdução do produto no mercado.

Monte seu público alvo para poder identificar todas as estratégias a serem utilizadas, desde divulgação, embalagem, entrega, recorrência de compra, assim evitando que o estoque fique parado, e você perca investimento.

5º – Organização financeira

Outro ponto importante é organizar as finanças, criar um fluxo de caixa, e principalmente separar os valores da empresa, do pessoal, para não acabar gastando dinheiro do investimento.

Você pode fazer o controle de gastos, através de planilhas ou softwares apropriados de acordo com o seu segmento. Lembre-se de ter um Caixa Reserva, para futuros imprevistos.

A precificação correta do produto final é imprescindível, para obter lucros. Leve em consideração tudo o que é gasto para a produção do mesmo, desde matéria prima, como água, energia elétrica, maquinário, funcionários. Saber o valor de cada um, vai te ajudar a saber quanto deve cobrar pelo produto/serviço.

6º – Agregue valor

Para se destacar no mercado competitivo e não ser apenas mais do mesmo, busque agregar valores ao seu produto, desde ações sociais e sustentáveis, à um diferencial de tratamento com o cliente ou comunicação, sempre traga soluções inteligentes e criativas, de acordo com as necessidades de quem irá receber o serviço final.

Não esqueça do aprimoramento do seu produto e da empresa, você precisa estar atento e atualizado com as novas tecnologias, para não correr o risco de ficar ultrapassado.

7º – Comunicação

Investir na divulgação e na comunicação é importante, afinal já dizia o ditado: “Quem não é visto, não é lembrado. ”

Estude qual será a melhor estratégia para o seu negócio, e certifique-se de que o público alvo será impactado.

Hoje muitas empresas usam as redes sociais para divulgação, além de serem formas mais baratas, é um contato direto com o cliente, trazendo respostas mais rápidas, desde a aceitação do produto no mercado, à possíveis críticas para melhorar.

8º – Valorize sua equipe

Por trás de um grande empresário, há uma equipe motivada.

Não esqueça de valorizar seus funcionários, de reconhecer o trabalho e empenho deles em cada conquista, afinal são eles que fazem a engrenagem na empresa rodar.

Estudos apontam que funcionários valorizados no trabalho, têm uma maior produtividade.

9º – Tenha paciência

Um negócio não se ergue da noite para o dia, pode levar tempo, mas você alcançará seus objetivos.

10º – Móveis por Assinatura

Realizar a montagem de um escritório demanda tempo e dinheiro, o que, às vezes, como um empreendedor iniciante você não tem disponível.

Pensando nisso a Riccó criou o serviço de móveis por assinatura, onde desenvolvemos seu projeto de acordo com os móveis escolhidos, levamos e montamos os móveis, somos responsáveis por toda a manutenção e descarte sustentável, e o melhor de tudo, até 34% do valor gasto pode ser abatido no IRPJ, fazendo com que você mantenha seu capital circulante e linhas de crédito disponíveis para suas principais atividades.

Você se concentra no que realmente é importante para a sua empresa.

Entre em contato com um de nossos vendedores e entenda melhor como funcionam os Móveis por Assinatura.

Seguindo essas 10 dicas, você já terá um caminho para iniciar seu empreendimento. Mesmo que não seja fácil, não desista, pois no final irá valer a pena.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *